e-Guardian - Revenda Proofpoint - algema_teclado

“Rei do spam” foi apanhado por usar as credenciais da sua rede criminosa no iTunes

Um dos spammers mais procurados do mundo foi apanhado numa simples armadilha de cibersegurança. Segundo o FBI, o hacker russo Peter Yuryevich Levashov, também conhecido por “Peter Severa” ou “Peter do Norte”, usou as credenciais de acesso da sua rede criminosa para contas em sites como o iTunes, o que permitiu que as autoridades conseguissem chegar até ele e detê-lo, noticia a Wired.

O anúncio da detenção de Levashov foi feito na passada segunda-feira pelo Departamento de Justiça dos EUA. O hacker comandava a “Kelihos”, uma rede global de computadores que inundava caixas de correio electrónico por todo o mundo com spam, roubava informações bancárias de utilizadores e espalhava software malicioso através da Internet. A operação de Levashov terá infectado cerca de 100 mil computadores a nível mundial, 5 a 10% dos quais estariam em território americano.

e-Guardian - Distribuidor Proofpoint - Spammer preso

“A capacidade de redes informáticas como a Kelihos de rapidamente se transformarem em armas que podem causar amplos e variados tipos de danos é perigosa e uma profunda ameaça a todos os americanos”, disse Kenneth Blanco, procurador-geral assistente que supervisiona a divisão criminal do Departamento da Justiça americana, citado pela Wired.

Segundo a revista, Peter Levashov foi detido em Barceló, Espanha, por autoridades espanholas. Apesar de residir habitualmente em São Petersburgo, na Rússia, Levashov estava de férias com a família. De acordo com documentos do tribunal, os investigadores aperceberam-se que haveria uma oportunidade de deter o hacker durante a sua viagem a Espanha e isso terá resultado num adiantamento de duas semanas da data do mandado de captura.

É incerta a possibilidade de extradição do “rei do spam” para os EUA. Ainda que por várias vezes os norte-americanas tenham conseguido o apoio de autoridades de outros países na detenção de suspeitos russos, essa operacionalização não se tem reflectido na extradição desses suspeitos para solo americano. Casos semelhantes ocorridos na Tailândia e na Áustria ocupam os respectivos sistemas judiciais há muito tempo.

Não é de agora que o hacker russo está a braços com a justiça norte-americana. Há mais de 10 anos, foi acusado no Michigan pelo crime de fraude electrónica. Mais tarde, em 2009, procuradores de justiça do Estado de Washington DC acusaram Levashov de fraude informática, devido à operação ilegal “Storm” — que antecedeu a rede “Kelihos”. Além disso, o russo ocupava o sexto lugar na lista SpamHaus dos spammers mais procurados do mundo.

A captura de Levashov marca mais uma vitória das autoridades norte-americanas na guerra contra as ofensivas russas no ciberespaço.

Fonte: https://www.publico.pt/2017/04/12/tecnologia/noticia/um-dos-maiores-hackers--russos-foi-apanhado-atraves-da-suas-credenciais-de-acesso-ao-itunes-1768544

Esse texto foi compartilhado pela e-Guardian.

Proofpoint no Brasil é distribuida pela e-Guardian. Trata-se de uma empresa focada em segurança da informação e possui suporte, consultoria e manutenção especializado em Proofpoint. A equipe possui mais de 10 anos de atuação na Proofpoint. A Proofpoint é uma referência em tecnologia de Antispam e esta adequado para atender ao mais completo dos requisitos de segurança para email e web security.
contato@e-guardian.com.br

About the author: Roberto Chu

Leave a Reply

Your email address will not be published.